Saiba como organizar sua vida financeira!

Não importa qual seja o contexto, lidar com dinheiro costuma ser um desafio para muitas pessoas. Nesta matéria, te ajudamos a organizar melhor a vida financeira com dicas simples. Vem ver!
Saiba como organizar sua vida financeira!

Entender como organizar sua vida financeira pode gerar muitos benefícios – a longo e a curto prazo. 

Se você se perde em meio a tantas contas para pagar, acaba vez ou outra com prejuízos e quando percebe nem sobra uma quantia para aquele cineminha ou lazer que você tanto preza, acompanhe a leitura para descobrir como mudar a situação! 

  • Por que organizar a vida financeira é importante? 
  • Quais são os benefícios de organizar a vida financeira?   
  • Organizando sua vida financeira para 5 situações   
  • 7 dicas para organizar sua vida financeira   

Por que organizar a vida financeira é importante? 

Uma resposta simples: qualidade de vida! Quando planejamos o uso do nosso dinheiro e sabemos exatamente quais serão as movimentações da conta, é muito mais difícil de alguma situação nos pegar de surpresa.  

Além disso, a margem para seus objetivos se concretizarem é muito maior: sejam eles viajar, economizar em gastos fixos, comprar um presente caro, e por aí vai.  

Você deve estar pensando “ok, mas, ainda sim, imprevistos acontecem”. E é por isso que, dentro do seu planejamento financeiro, você sempre deve levar em conta esse risco, separando, então, um dinheiro “reserva”, para emergências.  

Dessa forma nem as surpresas soam tão assustadoras, concorda? 

s3.amazonaws.com/www.ypedia.com.br/wp-content/uploads/2021/09/09122736/organiza%C3%A7%C3%A3o_financeira-1-scaled.jpg

Quais são os benefícios de organizar a vida financeira?   

  • Evita possíveis dívidas;  
  • Proporciona qualidade de vida;  
  • Te faz enxergar despesas desnecessárias;  
  • É um bom caminho para concretizar metas e objetivos;  
  • Pode te ajudar a poupar dinheiro; 
  • Com uma reserva de emergência, você sempre terá uma base para lidar com imprevistos;  
  • Olhar a conta no final do mês não te assusta mais, já que você planejou tudinho!   

Como organizar sua vida financeira em 5 situações   

Vamos conferir 5 situações plausíveis em que uma organização financeira é importante. 

1. Quitar dívidas 

Sair do vermelho pode ser difícil, mas não é impossível!  

Comece anotando sua renda e as despesas atuais. Então, reconheça o real valor das suas dívidas hoje, para, depois, avaliar quais gastos fixos e variáveis você tem no momento. 

Feito isso, veja o quanto pode economizar desses gastos para ajudar a quitar as dívidas. Ah, depois disso, anote em quais categorias você mais gasta e qual foi a origem do descontrole – ou do problema que resultou na dívida financeira.  

Uma boa forma de seguir ao quitar a dívida é estipular uma meta de poupança 😉  

2. Reduzir gastos fixos 

Já que esses gastos são fixos, a dica é consumir o que precisa de forma consciente, para reduzir o valor das contas ao máximo.  

Além disso, preferir cozinhar em casa e se beneficiar das famosas marmitas pode ajudar – já que alimentação é um gasto fixo e comer fora o tempo todo pode comprometer a carteira.  

3. Ter uma reserva de emergência 

A quantia que você vai investir para ter uma reserva de emergência vai depender muito das suas despesas mensais.  

O recomendado, para casos gerais, é conseguir juntar 6 meses do seu custo de vida e tê-los sempre disponíveis em casos emergentes.  

4. Economizar 

Estabeleça metas e prazos – como, por exemplo, “daqui a 5 anos: ter dinheiro para comprar um carro e para isso: todos mês, poupar quantidade x” e vá atualizando esse controle ao decorrer do tempo. 

5. Investir 

Para aplicar seu dinheiro em investimentos, é preciso gastar menos do que ganha – primeira regra importante!  

Com isso em mente, controle seu orçamento, definindo objetivos financeiros com o que você pretende investir e lembre-se de levar em conta todas as fontes de renda que tem, para separar pequenas quantias de cada uma.  

7 dicas para organizar sua vida financeira   

Planilhas, planners, aplicativos de celular ou cadernos: no final, a organização é a mesma. Vamos sugerir alguns caminhos para você a seguir! 

1. Anote todas as suas despesas fixas mensais, em uma coluna de categoria vs gastos. Exemplo: moradia: aluguel, condomínio, impostos… saúde: plano de saúde, seguro de vida… e assim por diante; 

2. Escreva suas despesas variáveis mensais. Aqui entra o transporte, a alimentação e as contas de luz, internet e água, por exemplo;

3.Tome nota de todas as suas despesas pontuais, como aquele sorvete que tomou de tarde com os amigos, ou a pizza que pediu na noite anterior. Separe por categoria: alimentação, lazer, roupas…

4.Insira também todas as dívidas em aberto, que estão pendentes – uma boa dica é tentar uma negociação com seu banco, a depender do patamar da dívida;

5. Anote os investimentos, se fizer;

6. Se passou algo no crédito, sinalize isso na sua organização. De preferência, use a estrutura: descrição | data | valor | parcela;

7. Faça o balanço, ou seja, a soma de rendimentos, o dinheiro que entrou e despesas! Assim, você enxerga o porquê de ter fechado o mês com saldo positivo ou negativo.

Estude seus hábitos de consumo e, sempre que traçar metas, leve esse estudo em conta. Ah, uma dica para quem pensa em economizar, é investir em produtos econômicos, que rendem mais.Um exemplo é o Amaciante Concentrado, que pode ser mais eficiente do que o comum em uma única lavagem, ideal para quando juntar várias peças de roupa de uma vez  🙂  

Saber economizar dinheiro é sempre bom para quem quer organizar a vida financeira. Por isso, confira nosso artigo sobre economia de água clicando aqui! 

Você achou esse artigo útil?

Saiba como organizar sua vida financeira!